Atelier do Doce

Produtor

Atelier do Doce

Fundado em 2006 por Rui Marques e Catarina Saraiva e com origem numa emblemática pastelaria de Alcobaça, o Atelier do Doce produz bolos de pastelaria mantendo o método artesanal e a dedicação à arte.

De onde vem

  • Oeste e Vale doTejo

Dimensão da produção

  • 10.000
    Bolas de Berlim produzidas por dia
  • 50
    Número de colaboradores
  • 1000 litros
    Leite utilizado diariamente na produção de bolos
Eficiência e método artesanal

Eficiência e método artesanal

O Atelier do Doce desenhou as suas próprias máquinas industriais para produzir com eficácia, mantendo os métodos de pastelaria tradicionais. Um dos exemplos é a máquina capaz de fritar 1 Bola de Berlim por segundo.

No Clube de Produtores

Membro do Clube desde 2019

Uma empresa familiar apaixonada por pastelaria

Da fábrica do Atelier do Doce saem milhares de Bolas de Berlim por dia. Um produto sempre fresco e preparado com mestria.
Rui Marques
Rui Marques
Gerente
"O Clube de Produtores Continente lançou-nos o desafio e nós agarrámos. De 400 Bolas de Berlim por dia passámos a produzir 2000. E com os anos aumentámos para 2000 por hora."
Dicas do produtor

Dicas do produtor

  • Consumir sempre à temperatura ambiente.

    Consumir sempre à temperatura ambiente.

  • Nunca conserve as Bolas de Berlim no frigorífico.

    Nunca conserve as Bolas de Berlim no frigorífico.

Cuidar da matéria-prima

  1. O leite é um dos ingredientes principais das Bolas de Berlim.

    O Atelier do Doce compra diretamente a produtores locais que entregam esta matéria-prima diariamente na pastelaria.

  2. O creme da Bola de Berlim demorou anos a ser desenvolvido e testado.

    Não são usadas gorduras hidrogenadas.

  3. No Atelier do Doce, o creme da Bola de Berlim é injetado no interior.

    O objetivo é obter um bolo ainda mais cremoso e saboroso.

Produtor
Produtor
No Clube de Produtores
No Clube de Produtores